domingo, 17 de fevereiro de 2019

"A nossa posição é de independência e crítica ao governo Flávio Dino, mas com responsabilidade", disse Roberto Costa à Tv Difusora


Na manhã do último sábado, 16, o deputado estadual Roberto Costa (MDB) concedeu entrevista ao programa Resenha da Tv Difusora e enfatizou que não é aliado ao governador Flávio Dino (PC do B), mas que sempre votará a favor do Maranhão.

Na oportunidade, o jornalista e apresentador John Cutrim, perguntou ao parlamentar quanto a sua posição ao governo do Estado. 

"Nós temos uma posição de independência, mas com respeito. Sempre fomos bem atendidos por todos os secretários quando levamos as demandas dos municípios que atendemos e de todo o Maranhão. Quanto ao governador Flávio Dino, sempre mantivemos uma boa relação, mesmo com posições diferentes, nós nos respeitamos. Mas ressalto que, o que for para ser votado em benefício do povo maranhense, votaremos a favor, mas o que for para prejudicar, rejeitaremos, assim como fizemos com o aumento dos impostos", relembrou Roberto. 

Ironicamente o apresentador perguntou sobre a chapa completa da governadora Roseana Sarney nas eleições passadas. 

"A candidatura da governadora Roseana Sarney sempre foi importante, teve bons governos e fez muito para atender os anseios do povo maranhense. O que nos prejudicou foi o desempenho das demais candidaturas ao governo que não tiveram os resultados esperados, a boa intenção de votos. Enquanto isso, o adversário veio com novos nomes da política, com uma nova proposta para o Senado, e os demais candidatos mantiveram os mesmos modelos há anos e não renovaram. Logo, os candidatos não tiveram avanços em suas chapas, o que nos prejudicou, mesmo Roseana mantendo sua boa intenção de votos, com isso, atrapalhou a nossa estratégia política. Mas, ressalto que,  Roseana Sarney ainda tem muito o que contribuir com o povo maranhense e até com o nosso partido MDB", afirmou Roberto Costa. 

Quanto ao MDB Costa disse que se for preciso, o nome de João Alberto permanece. 

"Eu sou candidato à presidência do Partido. Mas não quero ser apenas presidente. Precisamos buscar um consenso. Chegar a um nome que tenha o apoio de pelo menos a maioria, se tiver, até retiro a minha candidatura. Mas se não tiver, e preciso for, abro mão para a permanência de João Alberto e abriremos espaço para os novos nomes da política para compor o executivo estadual. Assim, nos prepararemos para as próximas eleições. Defendo uma renovação no Partido, precisamos nos unir e relfetir sobre os anseios da população e reconquistar nossa posição de destaque", disse o parlamentar. 

Roberto Costa ainda destacou seu trabalho junto com o prefeito de Bacabal Edvan Brandão que vem realizando um bom trabalho, mesmo em pouco tempo. Ainda ressaltou que continuará lutando pelo crescimento do município. 

Da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário